sábado, outubro 14, 2006

Para a Helena (hoje e sempre)

Deixa que se cumpra o teu nome
que ele permaneça luminoso
e solar

Não esqueças nunca
o seu significado e o teu destino
um raio de luz
a atravessar o universo

Vem noite adentro
nesta escuridão em que estou
e acende-o mais uma vez
e outra ainda
que todas são poucas

E quando me tocares
com todas as tuas vogais e consoantes
olhos nos olhos
mãos nas mãos
resgata-me a alma
deste Inferno
em que me vou perdendo

EMANUEL BENTO